Make nada, pele tudo!
27 de abril de 2018
6 alimentos para a pele
14 de maio de 2018

Quiz do Sabonete

5 curiosidades sobre o protagonista do banho

Você já parou para pensar que, seja líquido ou em barra, o sabonete é nosso companheiro de todo dia, desde nossas primeiras horas de vida? Mas, quanto você sabe sobre ele? Provavelmente notaríamos suas reais funções se o deixássemos de usar. Mas, a verdade é que ele faz muito mais do que limpar a pele. Por isso, lançamos um desafio! Vamos listar 5 curiosidades em forma de mitos e verdades sobre o uso do sabonete e queremos saber quantas você acertou! Comente no nosso Instagram (@farneseoficial) e marque 3 amigas que já fizeram alguma dessas perguntas e concorra a uma linha completa!
 
1)A água quente durante o banho potencializa as propriedades do sabonete.
VERDADE. Apesar da água quente não ser indicada durante o banho por ressecar a pele e, muitas vezes, prejudicar a camada de proteção natural, ela é capaz de aumentar a solubilidade das moléculas de sujidade. Assim, o sabonete cumpre sua função de remover as impurezas de forma mais fácil.
 
2) Quanto mais espuma o sabonete faz, mais eficaz ele é.
MITO. A espuma é a união de minúsculas bolhas, quando o ar entra em contato com a água e o sabonete. Não existe relação direta entre a quantidade de espuma e a eficácia da limpeza. O que vai determinar a eficácia são os ingredientes ativos do produto.
 
3)Falando em espuma, todas elas são brancas, independente da cor do sabonete.
VERDADE. Já reparou que mesmo se o seu sabonete for rosa, azul ou amarelo, a espuma é sempre branca? Como a espuma é composta por um conjunto de micro-bolhas e cada um deles funciona como um minúsculo prisma, a luz branca se divide nas cores do arco-íris. O que nossos olhos enxergam é a soma das luzes de todos os prismas (branca). O efeito é semelhante ao que ocorre com o açúcar-cristal. Olhe um único grão e vai vê-lo transparente. Em uma colher cheia, porém, vemos a cor branca.
 
4) Cada área do corpo pede um sabonete direfente.
VERDADE. Cada região do corpo possui um pH. O rosto, por exemplo, precisa de um sanonete mais delicado, com tensoativos mais suaves. Os sabonetes íntimos são ainda mais suaves para equilibrar a microbiota natural da região. Já o corpo, por ter menos glândulas sebáceas, não precisa, por exemplo, de um sabonete que tenha função de controle de oleosidade.
 
5) O sabonete líquido é o melhor para o rosto.
MITO. O que indica se o produto é ideal para cada região do corpo é seu pH e não a textura. Apesar de ser mais comum encontrar os tensoativos delicados mais facilmente em opções líquidas, existem produtos em barra que contém o mesmo poder de limpeza.